Menina de seis anos salva pônei deformado

Menina de seis anos faz apelo para evitar sacrifício de pônei deformado

Maddison e pônei Diego  Foto: Reprodução/Daily Mail
Maddison e pônei Diego Foto: Reprodução/Daily Mail
Maddison e pônei Diego Foto: Reprodução/Daily Mail
Maddison e pônei Diego Foto: Reprodução/Daily Mail
Uma garota de seis anos está fazendo uma campanha para arrecadar recursos para uma operação que pode salvar a vida de seu pônei, que nasceu com o rosto deformado.

Diego, o filhote de cinco meses, nasceu com o focinho e a mandíbula deformados. Ele tem dificuldades de respirar e, no futuro, poderia ter a sua capacidade de se alimentar de grama comprometida.
Outros tutores de animais recomendaram à família Biddlecombe, de Southampton, no sul da Inglaterra, sacrificar o animal. Mas Diego caiu nas graças da filha de seis anos da tutora, Maddison.
“Ele tem o rosto feio e me ama”, disse Maddison ao jornal local Echo News, quando questionada por que se afeiçoou ao pônei de maneira especial. “Ele me beija e faz carinho.”
A operação para consertar o defeito de nascença, que faz com que a parte inferior e superior da mandíbula cresçam para o lado, custa quatro mil libras esterlinas (cerca de R$ 11 mil).
A mãe de Maddison, Janey, conta que no início procurou outros tutores de animais para discutir o problema e ficou assustada com a solução de sacrificar Diego, repetida por vários tutores.
“Algumas pessoas nos dizem para dar uma chance a Diego mas outras nos recomendam sacrificá-lo unicamente por causa de sua aparência”, afirmou Janey ao jornal.
“Não há a menor possibilidade de sacrificá-lo, a não ser que ele esteja sofrendo.”
Fonte: Estadão
Anúncios