ROTEIRO VENEZA

ROTEIRO TURÍSTICO PARA VENEZA

venezabxresol (18)

Situada no extremo nordeste da itália, Veneza tornou-se uma província bizantina independente no século 10. Devido as relações comerciais com o oriente, serviu com uma das principais rotas de comércio mundial.

 

Foto: Kátia Monteiro

Veneza foi construída sobre bancos de lama baixos entre o Adriático. Por este motivo, está sob a influência das mares, sofrendo constantes enchentes. Na Idade Média, os doges foram responsáveis pelo desenvolvimento da cidade, aumentando a sua influência comercial pelo Mediterrâneo até Constantinopla, atual Istambul.
Em 1797, após perder sua posição comercial privilegiada com o surgimento de novos países na Europa, Veneza foi invadida pelo exército de Napoleão. Em 1866, foi integrada ao Reino Unido da Itália, fortalecendo a unificação do país.

 

Como chegar em Veneza

A única estrada para veneza é a N11, a partir de Mestre, que leva até o Tronchetto e a Piazzale Roma, onde estão os estacionamentos e terminais de ônibus. Os trens chegam à estação Santa Lucia, no Canal Grande. Para visitar todas as ilhas é necessário pegar um barco, o Vaporetto, que é uma espécie de “ônibus” aquático. O Vaporetto n.1 é o melhor, pois percorre todo o Canal Grande.

  • O Canal Grande: Santa Lucia a Rialto

Para percorrer o Canal Grande, somente existe um meio de transporte que é o Vaporetto. Os Vaporettos são incríveis. É uma delícia fazer os passeios turísticos nestes barcos. Fiz fotos lindas de Veneza, quando estava a bordo de um vaporetto. As gôndolas também são muito legais, mas o preço para fazer os passeios é muito caro. Prefiro viajar pela cidade com o “busão” aquático que é divertido e mais barato. KKKKKKK

Foto: Kátia Monteiro

Durante a viagem pelo Canal Grande é possível ver interessantes pontos turísticos como as igrejas San Marcuola, San Stae, San Simeone Piccolo e os magníficos palácios Palazzo Labia, Ca`d`Oro, Palazzo Vendramin Calergi e o Fondaco dei Turchi, um armazém para mercadores turcos, construído entre os séculos 17 e 19, que abriga o Museo di Storia Naturale.

Foto: Kátia Monteiro

Como disse anteriormente, a linha n. 1 do vaporetto é a melhor para conhecer Veneza, porque o barco faz o percurso mais devagar e passa pelos principais pontos turísticos da cidade. Os bilhetes para os vaporettos são vendidos nas plataformas de embarque, tabacchi e lojas.
O preço da passagem dos vaporettos está relacionado a linha e não a extensão da viagem. Antes de entrar no vaporetto é necessário validar o bilhete nas máquinas de validação, existentes nas plataformas. Caso um fiscal descubra alguma pessoa sem o bilhete, ou que não o validou, ela terá que pagar uma multa caríssima.
Existe a opção de comprar bilhetes para 10 ou 20 viagens, mas é muito caro e não compensa, especialmente se você for ficar até 3 dias em Veneza. É melhor você comprar os bilhetes de 24 horas ou 72 horas que permite fazer várias viagens dentro do prazo estipulado.

Foto: Kátia Monteiro

As principais linhas circulam a cada 10 ou 20 minutos, manhã até tarde, e diminui a frequência á noite.  Além das gôndolas e vaporettos, existem os barcos-táxis que são rápidos mas caros. Veneza possui 16 pontos de barcos-táxis, incluindo do aeroporto e do Lido. Algumas vezes são cobradas taxas por bagagem, horário ou se o transporte tiver sido solicitado por telefone.

 

  • As Principais Rotas dos Vaporettos

Linha 1: o barco é lento e pára em todos as plataformas. A primeira parada é na Piazzale Roma, percorre o Canal Grande e ao chegar em San Marco segue para Lido.
Linha 82: Esta é a mais rápida entre as do Grande Canal, fazendo três paradas. É circular, partindo de San Zaccaria, chega no Canal de Giudecca e segue para Tronchetto e Piazzale Roma. Depois segue para o Canal Grande e volta para San Zaccaria.
Linhas 51 e 52: estas duas linhas seguiam pela periferia de Veneza, mas foi ampliada até o Lido. Embora o percurso Giracità seja circular, para fazer o trajeto completo por  Veneza é necessário pegar outro barco em Fondamente Nuove.
Linha 12: esta linha parte de Fondemente Nuove e seu trajeto inclui as principais ilhas da laguna: Murano, Mazzorbo, Burano e Torcello, finalizando o percurso em Punta Sabbioni.

 

Como visitar Veneza

venezabxresol11

Veneza está dividida em sei distritos administrativos ou Sestieri: Cannaregio, Castello, San Marco, Dorsoduro, San Polo e Santa Croce. Para visitar cada ilha é necessário pegar um ônibus aquático chamado Vaporetto. Existe um bilhete combinado de museu, o Museum Card, que dá desconto para visitar alguns museus como o Museo Correr, o Ca’Rezzanico e o Palazzo Ducale.

 

venezaitmaisnitido

* Principais atrações turísticas de Veneza

 

  • Igrejas: Basílica di San Marco, Madonna dell`Orto, San Giacomo dell`Orio, San Giorgio Maggiore, San Giovanni, Grisostomo, San Giovanni in Bragora, Santi Giovanni e Paolo, Santa Maria formosa, Santa Maria Gloriosa dei Frari, Santa Maria dei Miracoli, Santa Maria della Salute, San Nicolò dei Mendicoli, San Pantalon, San Polo, San Rocco, San Sebastiano, Santo Stafano e San Zaccaria.
  • Edifícios e Monumentos: Arsenale, Campanários, Estátua de Colleoni, Palazzo Ducale, Rialto, Scuola di San Giorgio degli Schiavoni, Torre dell`Orologio.
  • Museus e Galerias: Accademia, Ca`d`Oro, Ca`Rezzonico, Museo l Correr, Peggy Gugggenheim Collezione, Scuola Grande di San Rocco.
  • Lagunas: Burano, Murano e Torcello.

 

* ACCADEMIA
Foto: Reprodução
Situada no prédio da Antiga Scuola della Carità, a Accademia com sua fachada barroca, criada por Giorgio Massari, possui um precioso acervo de pinturas venezianas do período Medieval, Renascimento e Barroco. A primeira coleção é proveniente da Accademia de Belle Arti, fundada em 1750. A transferência das pinturas para a Accademia ocorreu em 1807, por ordem de Napoleão, juntamente com outras obras de arte oriundas de igrejas e monastérios.

SANTA MARIA DELLA SALUTE

italia_sanmarirasalute_veneza
Foto: Reprodução
Santa Maria della Salute é uma belíssima igreja barroca, sustentada por mais de um milhão de estacas de madeira. Esta igreja é considerada uma obra-prima arquitetônica de Veneza. Foi construída em agradecimento pela cidade ter se livrado da peste em 1630. Seu nome Salute, significa saúde e salvação. A construção da igreja teve início em 1630, por Baldassare Longhena, que começou a obra aos 32 anos e trabalhou nela até morrer.  Santa Maria della Salute foi finalmente concluída em 1687, cinco anos após a morte de Longhena.

 

CA`D`ORO

italia_venezia_CaDOro
Foto: Reprodução
Ca`d`Oro (Casa de Ouro) é uma construção de 1420, feita por encomenda do nobre Marino Contarini. As esculturas do edifício foram criadas por artesãos de Veneza e da Lombardia. A fachada é revestida por folhas de ouro. O local possui uma galeria com obras de arte como o quadro de São Sebastião de Andrea Montegna (1506), O Retrato Duplo (c.1493) do escultor Tullio Lombardo, a madona e Menino (c.1530) de Sansovino, além de várias obras de Pisanello, Gentile Bellini, Ticiano e Van Dyck.

 

ÁREA SAN POLO

italia_venezaCampo_San_Polo
Foto: Reprodução
A ponte e os mercados do Rialto estão em San Polo, que é a tradicional região comercial de Veneza. Neste área encontram-se lindas praças, igrejas, diversas lojas e restaurantes.

 

IGREJA SAN POLO

italia_igreja_sanpolo_ veneza
Foto: Reprodução
A igreja San Polo foi fundada no século 9, reconstruída no século 15 e reformada no início do século 19. San Polo possui um portal gótico e o campanário do século 14 com dois leões românicos. O interior da igreja possui 14 quadros de Giandomenico Tiepolo, retratando a vida em Veneza, além de pinturas de Veronese, Palma Il Giovane (O Moço) e a Última Céia de Tintoretto.

 

RIALTO

Foto: http://www.italia.it/
O nome Rialto é originário de rivo alto, que significa margem alta. Este local foi uma das primeiras áreas habitadas em Veneza. No passado, possuía bancos e mercados. Hoje, Rialto é frequentado por muitos turistas, atraídos pelas lojas e por ser parada obrigatória de todo visitante, pois a famosa Ponte de Rialto oferece uma maravilhosa vista para o Canal Grande.
As pontes de pedra foram construídas em Veneza por valta do século 12. Em 1588, Rialto recebeu uma estrutura de pedra, pois a antiga ponte de madeira estava deteriorada e desabou. A obra foi concluída em 1591 e a ponte passou a ser o único meio de atravessar o Canal Grande até 1854, época em que foi construída a ponte da Accademia.

 

SANTA MARIA GLORIOSA DEI FRARI

italia_venezia_santa_maria_dei_frari
Foto: Reprodução
Santa Maria Gloriosa dei Frari, conhecida como Frari (irmãos), é uma igreja gótica situada na área de San Polo. A primeira igreja foi construída por frades franciscanos entre 1250 e 1338 e substituída por uma construção maior  por volta do século 15. O interior de Frari abriga obras de arte de grandes artistas como Ticiano, Giovanni Bellini, vários túmulos e uma escultura de S. Giovanni Battista de Donatello.

S. Giovanni Battista de Donatello

Foto: http://www.scalarchives.it
Foto: http://www.scalarchives.it

PIAZZA SAN MARCO

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução
A Piazza San Marco é a área mais visitada e famosa de Veneza, onde acontecem diversos eventos, desde manifestações políticas a carnavais. Os pontos turísticos mais importantes são a Basílica di San Marco, o Palazzo Ducale, os jardins do Giardinetti Reali, o Museo Correr, o Campanário e a Torre dell`Orológio. Além disso, existem inúmeras lojas maravilhosas que vendem “lembranças” de Veneza e os belíssimos cristais de Murano. Na praça principal de San Marco, onde fica o Palazzo Ducale são realizados muitos concertos.

BASÍLICA DE SAN MARCO

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução
A Basílica de San Marco tem estilos arquitetônicos do Oriente e Ocidente. O exterior possui colunas, baixos-relevos e cavalos de bronze originários de Constantinopla, de 1204. Os cinco portões são decorados com mosaicos e o portão principal tem uma moldura com entalhes românicos produzidos entre 1240 e 1265.  A Basílica de San Marco foi capela do doge até 1807, sendo usada para cerimônias especiais, e depois tornou-se a catedral de Veneza.

 

PALAZZO DUCALE (PALÁCIO DOS DOGES)
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução
O Palazzo Ducale foi fundado no século 9 para servir como residência dos governantes de Veneza, os doges. O palácio possui estilo gótico, tendo sofrido diversas intervenções no século 14 e início do15. O corpo principal da construção é formado por mármore rosa de Verona e as arcadas foram construídas com pedra branca de Istria, na Croácia. O Palazzo Ducale possui inúmeras salas e câmaras dispostas em três andares, terminando o passeio na Ponte dos Suspiros e na prisão, local onde o prisioneiro Casanova conseguiu escapar através de um buraco no teto da cela.

TORRE DELL`OROLOGIO

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução
A Torre dell`Orologio, situada na Piazza San Marco, foi construída no fim do século 15. O mostrador do relógio tem representações das fases da lua e dos signos do Zodíaco. Segundo a lenda, quando o relógio foi concluído os dois inventores tiveram seus olhos arrancados para que não copiassem sua própria criação.

 

MUSEO CORRER
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução
O acervo do Museo Correr é formado por obras de arte doadas por Teodoro Correr em 1830. O museu possui esculturas de Antonio Canova (1757-1822), um andar dedicado a história de Veneza com mapas, armaduras e outros objetos dos doges.
CAMPANÁRIO

Foto: Michel Guilly

Foi no topo do Campanário que Galileu fez uma demonstração do seu telescópio ao doge Leonardo Donà em 1609. A primeira torre do Campanário foi concluída em 1173 para servir como um farol que orientava os navegadores. Na Idade Média, os infratores eram colocados para morrer presos dentro de uma gaiola perto do topo desta torre.

SAN ZACCARIA

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução
A igreja San Zaccaria, localizada em uma praça próxima a Riva degli Shiavoni, possui estilos arquitetônicos gótico flanboyant e renascentista clássico. San Zaccaria foi fundada no século 9 e teve sua fachada reconstruída por Antõnio Gambello em estilo gótico. Em 1481, ano em que Gambello morreu, Mauro Coducci acrescentou a parte superior, diversos painéis renascentistas.

MURANO

Foto: Maurice/flickr.com

Murano é formada por um conjunto de ilhotas ligadas por pontes. Desde 1291 é o centro da indústria de vidraria. Nos séculos 15 e 16, tornou-se o principal pólo produtor de vidro da Europa. O Museo Vetrário no Palazzo Giustinian possui um acervo composto por obras de arte belíssimas, com destaque a taça de casamento Barovier (1470-80) com esmatação feita por Angelo Barovier.
Adorei Murano! Os cristais são os mais lindos do mundo.
italia_veneza_cristais_murano
Foto: Reprodução

 BURANO

italia_burano_veneza
Foto: Reprodução
Burano é considerada a mais colorida ilha da laguna. As casas são pintadas com uma mistura de cores quentes e intensas, como a famosa Casa Bepi. A Via Badassare Galuppi é a principal rua, pois neste local encontram-se barracas vendendo rendas e restaurantes ao ar livre.

CASA BEPI

Foto: Pixel Chrome/Reprodução

 

SCUOLA DEI MERLETTI EM BURANO
Foto: Reprodução
A população de Burano é formada principalmente por pescadores e rendeiros. No século 16 a renda produzida em Burano era a mais requisitada da Europa. As peças eram tão delicadas que eram chamadas de punto in aria (ponto no ar). A partir do século 18, a indústria de rendas se desenvolveu tanto, que foi criada em 1872 a Scuola dei Merletti, onde está instalado um museu com um acervo formado por lindas e delicadas peças rendadas antigas.

 

TORCELLO

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução
A Ilha de Torcello, fundada no século 5, possui a construção mais antiga da laguna, fundada em 639 d.C, A ilha possui também a igreja de Santa Tosta, construída nos séculos 11 e 12, com estilo bizantino. Antes do apogeu de Veneza, Torcello tinha aproximadamente 20 mil habitantes. O seu declínio ocorreu, devido a obstrução de diversos canais e a malária que dizimou um parte da população.

O Sensacional Colezzione Peggy Guggenheim

FOTO: COLLEZIONE PEGGY GUGGENHEIM, VENEZIA - 2010 SPAZI MUSEALI ESTERNI - AFFACCIO SUL CANAL GRANDE

Endereço: Palazzo Venier dei Leoni
O Colezzione Peggy Guggenheim está instalado no Palazzo Venier dei Leoni, construído no século18. Em 1949, o palácio foi comprado pela milionária norte-americana Peggy Guggenheim (1898-1979). Peggy era negociante, colecionadora e uma espécie de “mecenas” moderna, ou seja, era uma patrocinadora das artes.

 

PEGGY COM SEUS AMADOS FILHOS CANINOS

O acervo do museu é composto por 200 pinturas e esculturas, oriundas dos movimentos de arte moderna do século 20. As coleções possuem obras de artistas conhecidos mundialmente, como o marido de Peggy, Max Ernest, Kandinsky, Klee, Braque, Mondrian, Chagall, Miró, de Chirico, Molevich, Salvador Dali, Magritte, Bacon, Rothko, Duchamp, Leger. No jardim do palácio estão em exposição diversas esculturas, com destaque a obra Maiastra, de Constantin Brancusi.
maiastra
Foto: Reprodução
JARDIM DO GUGGENHEIM

italia_gugenheim_garden_1024

Existe também no jardim, o túmulo de Peggy, onde estão suas cinzas guardadas perto da sepultura dos seus amados cães. Que lindo! Quando vi fiquei emocionada, pois tem o nome de todos os cachorrinhos. Tem Hong Kong, Emily, Gypsy, entre outros. Emocionante! Achei linda a homenagem que Peggy fez aos seus filhos caninos.
italia_sepultura_peggy_caes
Foto: Reprodução

 

OS CANAIS DE VENEZA

Foto: Kátia Monteiro

venezabxresol (9)

Foto: Kátia Monteiro

Obs: Embora eu tenha visitado todos estes pontos turísticos, para acrescentar mais informações sobre cada local visitado, pesquisei e obtive os dados sobre a história de Veneza através do Guia Visual  Itália da Folha de São Paulo. PubliFolha, 1997.

 NAPOLI PARA OS VEGANOS

SIMBOLO_CORACAO_VEGANColoquei no final deste post algumas opções de restaurantes e outros locais para comer e comprar alimentos veganos. Como não disponho de tempo para fazer uma grande pesquisa, resolvi fazer um post apresentando um site italiano  sensacional, o PAGINE VEGAN, onde você pode fazer uma busca de lugares vegans da Itália e de outros países da Europa. Sugiro que antes de viajar para a Itália ou outros países, visite o Pagine Vegan e anote os endereços dos points veganos de cada cidade que você for visitar.

VALE A PENA VISITAR O PAGINE VEGAN!

paginevegan-logo

 *LOJAS QUE VENDEM PRODUTOS VEGANS

SIMBOLO_CODBARRAS_VEGAN

iVegan: Supermercado Vegan

O iVegan, situado em Roma, é o primeiro e maior supermercado vegan da Itália. 100% ético, 100% biocompatível, 100% VEGAN. Este mercado envia alimentos orgânicos vegans a preços acessíveis para toda a Itália. No iVegan é possível comprar a “planta peixe”, produtos de cânhamo, óleo, creme de chocolate e muitos outros produtos sem ingredientes de origem animal . Existe também uma Loja on-line em shop.ivegan.it ou http://www.ivegan.it/.

simbolo_vegan_solINFORMAÇÃO IMPORTANTE!

Se você é vegano e for viajar para a Itália no outuno ou inverno terá que comprar luvas, sapatos e casacos especiais para suportar o intenso frio. Então, coloquei abaixo alguns sites que vendem sapatos e acessórios vegans.

* Sites para compras de produtos vegans:

girassolNoah Italian Vegan Shoes

 girassolFree Rangers

 girassolBourgeois Boheme

 girassolAlternative Outfitefitters Vegan Shoes

simbolo_vegan_solRESTAURANTES, CAFÉS E SORVETERIAS EM VENEZA
simbolo_vegan_restauranteVeneza possui alguns locais, onde os veganos podem se deliciar com a sensacional comida italiana, incluindo massas, doces, salgados e até sorvetes vegans. Estes são alguns maravilhosos restaurantes, cafés e sorveterias que são vegans ou pelo menos servem algum alimento vegano. Faça também uma busca para descobrir mais lugares legais, acessando o PAGINE VEGAN. Você vai se encantar!

ITALIA_MELHOR_GRAFICO_VEGANOrient Experience II: Restaurante

Oriente Experience é um restaurante oriental, conhecido como ” The Afghan “, que oferece uma variedade de comidas oriundas das tradições do Afeganistão, Síria, Paquistão, Turquia e da Grécia. Este restaurante possui um menu composto por diversas opções de comidas veganas.

Endereço: via Della Favorita, 5. Fossalta di Piave

ITALIA_MELHOR_GRAFICO_VEGANIl Ghebo: Restaurante

Il Gebo é um restaurante tradizionale de Veneza com um menu para vegetarianos.

Endereço: Via Fausta, 41. Cavallino Treporti Venezia

Sito Web: http://www.ilghebo.it

ITALIA_MELHOR_GRAFICO_VEGANGanesh ji: Restaurante

Ganesh Ji é um restaurante indiano com diversos pratos veganos.

Endereço: San Polo 2426. Venezia

ITALIA_MELHOR_GRAFICO_VEGANFrary’s: Re: Restaurante

Frary`s é um restaurante médio-oriental, com especialidade na culinária árabe e grega. O menu é composto por uma vasta selecção de pratos vegetarianos e veganos.

Endereço: San Polo 2558, Fondamenta dei Frari. 30125Venezia.

ITALIA_MELHOR_GRAFICO_VEGANOsteria La Zucca: Restaurante

Osteria La Zucca não é um restaurante vegetariano, mas tem excelentes opções para os vegetarianos e veganos que procuram um restaurante em Veneza para comer pratos com legumes frescos sazonais, criados com ingredientes naturais. Segundo os proprietários, os pratos são feitos com legumes e verduras e as primeiras frutas da época são usados para tortas, massas e sopas. As especialidades da casa vão desde a abóbora flan, a batata cozida e brócolos com ricota defumada, até o especial prato vegetariano com arroz ou cuscuz.

Endereço: S. Croce, 1762. Venezia

Sito Web: http://www.lazucca.it

ITALIA_MELHOR_GRAFICO_VEGANGam Gam: Restaurante

O Gam Gam é um restaurante kosher com muitos pratos vegan pratos no seu menu. Sendo kosher, as comidas servidas não possuem ingredientes lácteos. O destaque do cardápio são os aperitivos Vegan, incluindo falafel e homus.

Endereço: Calle del Ghetto Vecchio 1123, Cannaregio. Venezia

Sito Web: http://www.gamgamkosher.com

ITALIA_MELHOR_GRAFICO_VEGANOlli: SORVETERIA

italia_Vector-Delicious-Ice-Cream-Desserts-01

Olli é uma sorveteria 100% orgânica. Os sabores são especialmente produzidos com ingredientes vegan, sem lactose, ovos e glúten. Esta sorveteria é específica para aqueles que são veganos ou que possuem alergias e intolerância a lactose.

Endereço:Via Andrea Bafile, 72. Lido Di Jesolo.

Sito Web: http://www.olli.com

 ITALIA_MELHOR_GRAFICO_VEGANPizzeria Capri: Restaurante

A Pizzeria Capri faz parte do Projeto Welgan – Welcome com uma ampla variedade de  pizzas e lanches vegans, sendo que todos os alimentos que integram o menu são BIO.

Endereço: Piazzetta de Sanctis 9. Jesolo Lido.

Sito Web: http://pizzeriacaprijesolo.com/

ITALIA_MELHOR_GRAFICO_VEGANComandi: Restaurante

Comandi é um restaurante especializado em culinária naturalista, vegetariana e vegana. Embora o Comandi seja  ligado a tradição da gastronomia veneziana, procura sempre inovar, criando novos pratos, mas sempre com o cuidado de utilizar somente ingredientes sem origem animal e naturais.

Endereço: Via T. Vecellio 7/S. Dolo.

simbolo_vegan_solVeja o Roteiro de Firenze, Roma Nápoles e Assis

BOTAOCLIQUEAQUIRAPIDO

Anúncios